23 setembro 2007

Curso Feminino em 1969



No ano de 1969 realizou-se na Casa do Povo do Pombalinho um curso patrocinado pela entidade local ligada a esta infra-estrutura e com a indispensável ajuda da sua estrutura superior ao nível da região de Santarém. Este curso teve por objectivos fundamentais, o ensinamento dos princípios básicos e elementares no âmbito das variadas vertentes da vida ligadas ao desempenho da população feminina, nomeadamente, culinária, puericultura e lavores.




A participação e vontade de aprender tiveram uma resposta muito positiva por parte da juventude do Pombalinho, de onde se reconhecem nesta fotografia, a Gena, a Clementina, a Laurinda, a Lena e sua cunhada, a Fernanda, a Carolina, a Graça, a Lurdes, a Aurora, a Dália, a Lucília, a Milita, a Lena Leal, a Lisa, a Luísa e sua irmã Teresa, a Belmira, a Maria Albertina, a Lurdes Gomes e a Bisita. Mas também a indispensável orientação e administração de conhecimentos esteve bem presente, como se pode testemunhar pela presença de Ana Leal, Josefina Martinho, Maria Adelaide Leal, Diamantina Carvalho e a professora Conceição.







O momento em que Ana Leal recebia de Mata-Fome, uma saudação muito especial pela sua participação neste curso patrocinado pela Casa Povo do Pombalinho.








Uma das alunas, Bisita, quando recebia das mãos do presidente das Casas do Povo da região de Santarém, o diploma de participação e conclusão do respectivo curso.




Colaboração Fotográfica_F Leal/Teresa Leal






19 setembro 2007

Casamentos VI


Photobucket

Continuando na história de casamentos realizados no Pombalinho,  recordemos um que conseguiu juntar imensa juventude como convidados para assistirem a esta celebração matrimonial de vidas dos noivos, Teresa e Carlos Melão. Eles continuam e bem a irradiar aquela simpatia a que nos habituaram nos muitos anos de convivência por caminhos percorridos durante esses períodos únicos e não mais repetíveis da nossa juventude.


A foto foi tirada no adro da igreja do Pombalinho e reconhecem-se da esquerda para a direita, António Bráz, Manuel Gomes, Carlos Santos, Teresa e Carlos Melão, António Carlos, João Correia e Fernando Leal.





13 setembro 2007

Casamentos V




Em 8 de Maio do corrente ano lancei o desafio aos visitantes desta página para que aderissem à ideia de publicarmos  neste espaço fotografias de casamentos de nossos conterrâneos. Justifiquei então que me tinha ocorrido “ ... a ideia de endereçar a todos vós este aliciante desafio, que é, o de contribuirmos para a publicação aqui no Pombalinho, desses testemunhos tão especiais para tantos nós. Estou certo que assim, este espaço ganhará um sentido de maior referência para as gentes da nossa terra.”

Pois bem, recebi há bem pouco do F Leal esta excelente fotografia de casamento dos seus sogros Júlia Leal e Duarte Cruz, realizado no Pombalinho no ano de 1952.

Deixo-vos ao exercício de memória,  este registo certamente histórico para os noivos, mas também para suas famílias e acompanhantes.




02 setembro 2007

Antiga Escola do Pombalinho!




A antiga Escola do Pombalinho está situada na Rua do Campo, hoje denominada, Rua Carolina Infante da Câmara. É um edifício de propriedade horizontal, constituído por dois pisos, rés do chão e primeiro andar. O piso superior foi doado pelo Visconde Porto Carrero (*) em 25 de Novembro de 1885 por título Nº4 e escritura lavrada nas notas do Tabelião de Lisboa, Joaquim Barreiros Cardoso, no Livro 949A folha 12, para ali ser instalada a Escola de Ensino Primário do Pombalinho.

O rés do chão deixou igualmente de pertencer à família de Porto Carrero, tendo sido adquirido por Hilário José Barreiros, assim como todos os edifícios contíguos.
E foi precisamente neste piso que por influência de Júlio Barreiros, filho de Hilário José Barreiros, que se deu início a uma página importante da vida cultural do Pombalinho. Ali se instalou um elegante teatro onde várias peças dramáticas foram levadas à cena, marcando presença as famílias mais abastadas da terra e arredores.


Mais tarde a família Barreiros foi perdendo progressivamente o direito total de propriedade, tendo então surgido a família Coimbra a adquirir o rés do chão do edifício da antiga Escola.



Verónica da Silva Nunes, na festa de homenagem que o Pombalinho lhe prestou em 1982



Os Professores que passaram por esta Escola no exercício das suas funções foram: João José da Fonseca (Fonsequita) que exerceu a sua actividade de 1916 a 1933, Maria José de Moura Amorim que se supõe ter iniciado o ensino no Pombalinho a partir do ano de 1933, Maria José Martins Simões (**), que dedicou quarenta anos da sua vida ao ensino de várias gerações de Pombalinhenses e finalmente, Verónica da Silva Nunes Mateiro (***) que desempenhou profissionalmente a sua função durante mais de 30 anos.

(*) O Visconde Porto Carrero era familiar de António de Araújo Vasques da Cunha Porto Carrero, 1º e único Barão de Pombalinho, agraciado com o título por decreto de 23 de Outubro de 1837, data em que o seu padrasto, Manuel Nunes Freire da Rocha foi igualmente agraciado com o título de Barão de Almeirim.


(**) Maria José Martins Simões nasceu em 24 de Maio de 1910 e faleceu em 14 de Março de 1990.

(***) Verónica da Silva Nunes Mateiro nasceu em 01 de Agosto de 1907 e faleceu em 07 de Julho de 1985.



Colaboração no texto _JMateiro

Colaboração fotográfica_F Leal


.