06 janeiro 2010

Pombalinhenses na 1ª Grande Guerra I







Em 9 de Março de 1916 a Alemanha declara guerra a Portugal, no contexto da 1ª Grande Guerra Mundial, ocorrida entre 28 de Julho de 1914 e 11 de Novembro de 1918.
Na primeira etapa do conflito, Portugal participou militarmente com o envio de tropas para a defesa das colónias africanas ameaçadas pela Alemanha. Mais tarde, em 1917, as primeiras tropas portuguesas do Corpo Expedicionário Português seguiam para a Europa, em direcção à Flandres. Portugal envolveu-se, depois, em combates em França.

Neste esforço de guerra, Portugal chegou a ter mobilizados quase 200 mil homens. As perdas atingiram quase 10 mil - mortos e milhares de feridos.

Do Pombalinho, a exemplo do que aconteceu por todo o país, partiram para a frente deste conflito militar também alguns dos seus "filhos"! Nesta fotografia, cedida gentilmente por José B Barrão, recordamos precisamente uma reunião de confraternização, realizada em 09 de Abril de 1955, de antigos combatentes pombalinhenses da 1ª Guerra Mundial.

Reconhecem-se na segunda fila e da esquerda para a direita, Manuel Braz, Francisco Pereira Franco,  Augusto Anastácio, Augusto Pereira Lazão,  João Braga, João Fernandes, António Francisco Correia, Manuel Joaquim Tadeia e  José Narciso. Na primeira fila, e da esquerda para a direita, Carlos da Jacinta Rodrigues, Pedro Gregório,  na terceira posição  Hermínio Correia Minderico na qualidade de presidente da Junta de Freguesia do Pombalinho, António Condeço, Artur Rosa e Manuel Frade.


Colaboração fotográfica_José Braz Barrão
Colaboração e pesquisa_Bruno Cruz