17 fevereiro 2007

Bateiras


Grupo de Bateiras realizadas no Ano de 1952 e constituído por, Joaquim Rufino, Manuel Inácio, António Costa, Carlos Silvério, António Domingos, Ezequiel Mateiro, Carlos Cavaco, Fernando Quinquilheiro, António Rufino e Francisco Cruz.


Neste grupo de Bateiras, reconhecem-se o Manuel Bacalhau, Veríssimo Duarte, Abel Júlio, José Asseiceira, José Cachado, Francisco Duarte, Manuel Galvão, Duarte Cruz, Camilo e o Alberto .






Bateiras realizadas algures nos campos do Pombalinho no ano de 1973. São elas, a Domicilia, a Gina, a Lurdes Leal, a Otelinda, a Bisita, a Ana Maria, a Lucília, a Alice e a Lena Melão.

A origem do nome Bateiras está ligada a uma propriedade que existiu entre o Rio Alviela e a Estalagem do Pocinho e porventura foi aí que se iniciou a tradição do piquenique na Segunda Feira de Páscoa. No entanto e em de forma de complemento ao texto acima descrito pela Teresa Cruz (o qual poderá ser lido na integra com um simples clique), aqui se indicam alguns links de onde o tema bateiras é referenciado no mundo da internet. Num deles, pela criatividade do maestro António Gavino, chegou mesmo a ser tema musical da Orquestra Típica Scalabitana.



Colaboração de Teresa Cruz/Francisco Cruz/Fernando Leal e Manuel Gomes


3 comentários:

Guilherme Afonso disse...

No segundo grupo de Bateiras, entre o Abel Júlio e o José Cachado está o José Aceisseira. E seja-me permitido lembrar que esses piqueniques eram (e, pelo que leio, ainda são) coisas dos chamados operários (pedreiros, barbeiros, ferreiros, etc.) e ssuas famílias. Os camponeses iam ganhar o seu diazinho de jorna.

MGomes disse...

Caro Amigo:
Muito grato pela informação adicional que prestou sobre o grupo das Bateiras. Irei, logo que puder, proceder à devida correcção.
Sobre o segundo aspecto do seu comentário, estou de acordo consigo, socialmente nesses tempos era notória a diferenciação profissinal neste tipo de encontros. Mas agora me lembro que o meu pai acompanhou estes nossos conterrâneos nas lides teatrais e sempre esteve ligado ao trabalho do campo!!!!
Um Abraço

Rita Gomes disse...

Venho aqui prestar o meu comentário relativamente ao 3ºgrupo de bateiras onde se enconta a menina mais bonita do Pombalinho, hoje mulher e ainda mais Linda.Otelinda:A minha MÃE!