20 janeiro 2010

Ano Lectivo 1938/39 !

Ano lectivo 1938-39


Há setenta e dois anos e ainda longe dos métodos pedagógicos que hoje estão instituídos no ensino em Portugal, esta professora, de seu nome Maria José Moura, leccionou para estes alunos o ensino básico na antiga escola sediada na rua Carolina Infante da Câmara.

Na 1º fila e da esquerda para a direita, Ezequiel Mateiro, Manuel Sacola, Alberto Gomes, Manuel A Bento e .... Na segunda fila, Cipriano António, António Maria, José Braga, Ernesto Hilário, António Leal, José Leal, Fernando Gaião, Manuel Cachado, Carlos Cavaco, Manuel Carvalho e Manuel Joaquim. Na terceira fila, Manuel Cardoso, Aníbal Condeço, António Domingos, António Justino, António Bento Narciso, Francisco Cleto, Joaquim Duarte, José Gardão, Joaquim Antunes, Manuel Mateiro e Joaquim Felisberto. Na 4ª fila, Guilherme Afonso, José Asseiceira, José Bento Narciso, José Júlio, Joaquim Barrão, Manuel Leal, António Palmeirão, António Afonso, Leonel Duarte e António Hilário. Na 5ª fila, Júlio Conceição Silva, Joaquim dos Santos, Narciso Albano, Francisco Bispo, Francisco Gaião, João Martinho, José C Martins, Luís Cordoeiro, ....... e Joaquim Cachado.

Para fotografia ampliada clique AQUI
Pesquisa_Bruno Cruz

Colaboração_Maria Luísa Narciso

Sendo esta fotografia a mais antiga de todas as que foram aqui publicadas, referentes a classes de alunos que frequentaram a Escola "Velha", achamos que a oportunidade merecia um trabalho de divulgação mais aprofundado sobre quantos que por ali passaram e onde deram os primeiros passos na aprendizagem do então chamado ensino básico! Assim sendo, convido-os a "passear um pouco no tempo" por este trabalho da autoria de Bruno Cruz. 


10 comentários:

Anónimo disse...

É engraçado ver o meu tio tão pequenino, ainda hoje tenho o prazer de o ver um pouco mais crescido, é bom recordar estas fotografias. É BOM VIVER e poder partilhar estes momentos com os que nos são tão queridos.Luísa Sacola.

Guilherme Afonso disse...

Caro Manuel Gomes, é caso para dizer: Finalmente!... Esta foto sempre eu me lembrei de ter sido tirada. Lembrava-me dela às vezes, especialmente ao ver outras fotografias da escola publicadas nos blogs. Algumas vezes pensei em falar–lhe dela no sentido de que tentasse descobri-la através de alguém que a tivesse. Julgo ter sido tirada por um fotógrafo professional (provavelmente por iniciativa da inolvidável professora Maria José se Moura Amorim - Amorim, da parte do marido) que, naturalmente, a vendeu a quantos quiseram e puderam, através do poder de compra dos pais, ficar com ela, o que não foi o caso dos meus.
Se os nomes não viessem a identificar os figurantes, eu creio que me não reconheceria a mim próprio. E o mais certo seria não reconhecer nenhum.
Por agora, uma observação. Um dos nomes é o do António Justino (o “Canário”). Ora, no trabalho ANO LECTIVO do Bruno Cruz ele não vem mencionado nas classes que frequentaram a escola nesse ano escolar de38/39, e no trabalho que o Manuel Gomes publicou já há bastante tempo sobre a escola (Livro C), vem registado que ele entrou para a escola em 1939/1940, registado sob o n. 115. E aí mesmo a sua data de nascimento vem como sendo 24/12/1931, o que me parece errado. O António Justino foi à inspecção militar no mesmo ano que eu, por São Vicente de Paul, e fez a tropa ao mesmo tempo. Deve ter nascido, por conseguinte, em 1929. Aliás, a ideia que eu sempre tive foi a de que nascemos no mesmo ano.
Termino com muitas felicitações por ter conseguido presentear os pombalinhenses com a publicação de mais esta preciosidade, e, pela parte que me toca, por agradecer muito sensibilizado a todos os que contribuíram para que isso pudesse acontecer.
Guilherme Afonso

Guilherme Afonso disse...

Ao ler o comentário da Luísa Sacola, e vendo, por conseguinte, que ela acompanha estes nossos blogs, peço-lhe que diga ao tio Manuel Sacola que eu lhe envio um grande abraço, lembrando os tempos da nossa infância e adolescência.
Guilherme Afonso

Anónimo disse...

Sr. Guilherme Afonso eu irei satisfazer o seu pedido, e desde já lhe agradeço, o meu pai também fala do senhor, pois também o conhece bem, e já tem falado de si e eu mostro-lhe os comentários. Mais uma vez o meu obrigado. Luísa Sacola.

Guilherme Afonso disse...

Amiga Luísa Sacola(permita-me este tratamento cordial), lembro-me também muito bem do seu pai, embora não tenha convivido tanto com ele como com o irmão Manuel. Não enviei também um abraço para ele, por nada me ter permitido deduzir se ele ainda estava ou não a fazer-nos companhia. Verificando agora, pela sua mensagem, que felizmente ele ainda está entre nós,é com a maior satisfação que lhe envio também um grandeabraço.E um beijinho para si.
Guilherme Afonso

Anónimo disse...

Um grande obrigado pelos seus abraços, pois o meu pai graças a Deus está entre nós, um pouco doente mas ainda trabalha na sua oficina. Obrigado mais uma vez e já agora um beijinho para o Senhor. Luísa Sacola.

MGomes disse...

Caro Guilherme Afonso!
Como eu o entendo a propósito desta fotografia da sua 1ª classe! Lembra-se de quando o gesto foi então de sentido contrário, ou seja, daí para cá em Agosto de 2005? A fotografia que me enviou e que eu postei no "Pombalinho" a 25 desse mês e ano? Ao visualizá-la também fiquei com a sensação um pouco duvidosa, de que se eu era aquele rapazinho que ali estava a conversar com o seu colega do lado e indiferente ao trabalho profissional do fotógrafo! Mas não havia dúvidas, era eu mesmo!!!!

Já agora, e porque tive de ir até lá "abaixo", à primeira postagem que fiz no "Pombalinho com o título de INÍCIO e onde então deixei a intenção de transformar esta espaço num lugar de diálogo entre os que prezavam os valores da identidade e da dignificação da nossa terra, não quero deixar de manifestar a satisfação com que fiquei ao me inteirar da comunicação cordial que o meu amigo estabeleceu com a Luísa Sacola! Foi também para isto que esta ponte, a que dei o nome de Pombalinho, foi criada!

Um Abraço

MGomes disse...

Já que o manifestei ao Guilherme Afonso, extendo também a si,Luísa Sacola, o grato prazer que tive ao receber neste espaço os seus comentários a propósito da Classe de 1938/39!

Um Abraço!

Guilherme Afonso disse...

Tem toda a razão, Caro Manuel Gomes,em se sentir contente e mesmo orgulhoso com as pontes que tem lançado, particularmente a que tem o nome da nossa terra, para que os pombalinhenses que gostem de o fazer possam comuniicar-se.Pela parte que me toca tenho bem aproveitado e creia-me imemsamente grato pela sua dedicação a tão nobre causa.
Já agora, uma rectificação em ralação à fotografia do ano escolar 1938/1939:nesse ano, eu estava na 2a. classe, e não na 1a.
Um abraço muito fraterno.
Guilherme Afonso

Anónimo disse...

porque sera que o senhor Jose Julio Menino nao merecia uma homnagem ja que faLeceu hoje